Um Fim de Semana Absolutamente Perfeito no Douro

A Região

2017-04-28

um-fim-de-semana-perfeito-no-douro
Descubra alguns dos mais louvados destinos do famoso Douro Vinhateiro. Se há muito sonha com um fim de semana verdadeiramente encantador e inesquecível, a resposta às suas preces pode estar num cruzeiro pelo Douro. Siga-nos!

Um fim de semana no Douro equivale, cada vez mais, à escapadinha ideal para quem deseja descontrair, divertir-se e mergulhar de cabeça naquele que tem vindo progressivamente a assumir o papel de destino vinhateiro por excelência. No entanto, não se pense que o Douro é desejável apenas pelas vinhas e por produtos tão afamados e premiados como o Vinho do Porto e os seus Vinhos de Mesa. O encanto da região assenta também nas suas deslumbrantes paisagens, no inigualável Rio Douro, numa apetitosa oferta gastronómica e na hospitalidade e simpatia das suas gentes, que conquistam qualquer visitante, nacional e estrangeiro.

 

A emblemática Região do Douro, considerada Património Miundial da Humanidade

 

 

Ora, sabendo que o Douro é uma terra de indescritíveis maravilhas e que um fim de semana são apenas dois dias, decidimos dar-lhe uma ajuda, destacando três dos destinos mais emblemáticos e representativos daquela zona de Portugal – e, sim, três dos nossos preferidos! Sem mais delongas, descubra já!

 

 

Régua, a “capital” da região demarcada do Vale do Douro 

 

Deste “entreposto” partiam os Barcos Rabelos que levavam o Vinho do Porto para envelhecer nas caves em Vila Nova de Gaia, daí que a cidade deva o seu exponencial crescimento a este precioso néctar dos deuses. Envolvida por belíssimas paisagens classificadas pela Unesco como Património da Humanidade, a Régua é ainda uma cidade animada e pitoresca, recheada de pequenas lojas, bares e restaurantes, e rodeada pelas inevitáveis quintas produtoras de vinho, bonitas casas senhoriais e impressionantes palacetes.

 

 

A cidade da Régua é considerada o coração Duriense

 

 

Pinhão, uma beleza típica do Douro 

 

Qualquer fim de semana no Douro que se preze tem de prever uma visita a esta encantadora vila, localizada bem no coração do Alto Douro Vinhateiro e situada entre dois rios: o majestoso Douro e um dos seus afluentes, o Pinhão, que lhe deu nome. Além da famosa Estação Ferroviária, cujos painéis de azulejos oitocentistas exigem uma visita, a sua linda paisagem caracteriza-se ainda por muitas das principais quintas do Douro e pelos típicos solares da região. Estes são apenas alguns dos factos transformaram o Pinhão num dos principais pontos de passagem turísticos da região. Os restantes, terá de descobrir pessoalmente!

 

 

Situada em pleno Alto Douro Vinhateiro, a localidade do Pinhão merece uma demorada visita

 

 

Barca d’Alva, aldeia das amendoeiras em flor 

 

Inserida no Parque Nacional do Douro Internacional, esta aldeia é o limite do canal de navegação do rio, o que explica o facto de o seu cais fluvial ser um ponto de passagem dos inúmeros cruzeiros ao longo do mesmo. Reconhecida pela beleza das suas paisagens ricas em atividades agrícolas, Barca d’Alva é famosa sobretudo pelas deslumbrantes amendoeiras em flor.

 

 

Barca d'Alva está situada junto à fronteira com Espanha, constituindo o limite do Rio Douro em território português

 

 

Com base nesta nossa escolha de destinos e na certeza de que só se descobre a verdadeira beleza e carácter do Douro quando se navega o rio, deixamos-lhe ainda uma sugestão absolutamente imperdível: o nosso novo cruzeiro de dois dias, durante o qual poderá ficar a conhecer um pouco melhor e na primeira pessoa as regiões atrás referidas. Junte-se à nossa equipa de elite e deixe que lhe proporcionemos um fim de semana absolutamente perfeito no Douro!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao visitar o site está a consentir a sua utilização.
Conheça as nossas Políticas de Privacidade e Cookies aqui