As Pontes na Região do Douro

A Região

2015-03-11

as-pontes-na-regiao-do-douro
Já aqui falamos anteriormente sobre as seis espetaculares Pontes que unem a cidade do Porto a Vila Nova de Gaia. Agora falaremos sobre as restantes pontes – não menos notáveis - que podem ser contempladas ao longo do percurso dos Cruzeiros no Rio Douro, desde a cidade do Porto até Barca D’Alva. Embarque nesta fantástica aventura e contemple, além de uma paisagem magnífica, diferentes pontes, de diversas épocas e distintos estilos arquitetónicos.

Ponte da Foz do Rio Sousa

 

Esta ponte é uma réplica exata, em miniatura, da Ponte da Arrábida que está localizada junto à foz do rio na cidade do Porto. Trata-se de uma ponte em betão. O seu projeto data de 1949 e foi um ensaio geral para a construção da Ponte da Arrábida. Tal como a Ponte localizada no Porto, também o projeto desta ponte é da autoria do engenheiro português Edgar Cardoso.

 

A famosa ponte sobre o Rio Sousa, da autoria de Edgar Cardoso

 

 

Ponte do Inha

 

Esta ponte foi inaugurada a 01 de Abril 2011 e o seu projeto é da autoria do engenheiro Armando Rito. O tabuleiro desta Ponte tem 760 metros de comprimento e 45 metros de altura. Esta ponte permite a ligação rodoviária entre os concelhos de Santa Maria da Feira e Gondomar.

 

Ponte de Entre-os-Rios

 

Esta famosa ponte foi inaugurada no dia 4 de Maio 2002, com o objetivo de substituir a anterior ponte que ruiu a 4 Março de 2001. Neste dia trágico, a ponte ruiu no momento em que um autocarro com mais de 70 pessoas fazia a sua travessia. Não houve sobreviventes.

 

Por este motivo, foi construído um anjo dourado no topo de uma capela para homenagear as vítimas. O anjo é feito em bronze e tem 12m de altura. Foi desenhado pelo arquiteto Henrique Coelho. Nas paredes do interior da capela estão gravados os nomes de todas as vítimas da queda da ponte de Entre-os-Rios.

 

A antiga Ponte de Entre-os-Rios colapsou em 2001. A nova ponte foi inaugurada três anos depois da tragédia

 

Ponte da Foz do Rio Tâmega

 

Na foz do Rio Tâmega, pode observar-se a Ponte Duarte Pacheco que foi inaugurada em 1941 e projetada pelo engenheiro português Carmona.

 

 

Ponte de Mosteirô

 

No lugar da Ponte de Mosteirô, existiu, anteriormente, uma ponte metálica. Porém, com a construção das barragens, o nível das águas do rio subiu e, por isso, essa ponte teve de ser substituída por esta nova ponte de betão. A ponte projetada pelo engenheiro português Edgar Cardoso foi inaugurada em 1971 e une o concelho de Baião aos de Cinfães e Resende.

 

 

Ponte da Ermida

 

Foi inaugurada a 4 de Julho de 1998 e é um projeto da autoria do engenheiro Mário Veloso. O seu tabuleiro tem 430m de comprimento e encontra-se a uma altura de cerca de 72m. Liga o concelho de Baião ao de Resende.

 

 

1.ª Ponte da Régua

 

Foi inaugurada em 1872. No entanto, nunca teve qualquer utilização pois foi construída para um caminho-de-ferro que nunca chegou a ser construído.

 

(Imagem)

A magnífica Ponte pedonal da Régua, inaugurada em 1872

 

2.ª Ponte da Régua

 

Foi inaugurada em 1937 e tem cerca de 330m de comprimento. Dá passagem ao trânsito rodoviário entre Lamego e Vila Real.

 

(Imagem)

A tradicional Ponte rodoviária da Régua, inaugurada em 1937

 

 

Ponte Miguel Torga

 

O seu nome é uma homenagem ao escritor Miguel Torga (Adolfo Correia da Rocha) que nasceu e cresceu na região do Douro. Foi inaugurada em 1997 e projetada pelo engenheiro português Armando Rito. O seu tabuleiro tem cerca de 900m de extensão e os seus pilares atingem os 90m de altura.

 

 

Ponte da Foz do Rio Tua

 

O Rio Tua é um afluente do Douro com cerca de 110km de extensão. Atrás desta ponte ferroviária sobre a foz do Tua pode ver-se uma segunda ponte rodoviária que é da autoria do engenheiro português Edgar Cardoso.

 

 

Ponte da Ferradosa

 

Esta obra metálica é uma ponte ferroviária, sendo neste local que o comboio da linha do Douro faz a travessia de uma margem do rio para a outra.

 

Esta ponte veio substituir a ponte original devido à subida do nível das águas em consequência da construção das barragens. É a ponte mais baixa de todo o percurso do Douro, estando a apenas 7m de altura.

 

 

A bela Ponte Ferroviária da Ferradosa, a ponte mais baixa do percurso do Douro

 

 

Ponte Metálica do Pocinho

 

É uma ponte de tabuleiro duplo, sendo o tabuleiro superior ferroviário e o inferior rodoviário. Tem 315m de comprimento e 30m de altura. Atualmente, esta ponte encontra-se desativada.

 

A magnífica Ponte Metálica do Pocinho, com tabuleiro ferroviário e rodoviário

A magnífica Ponte Metálica do Pocinho, com tabuleiro ferroviário e rodoviário

 

Ponte Almirante Sarmento Rodrigues

 

Foi inaugurada em 1955. Foi projetada por Edgar Cardoso mas a sua construção ficou a cargo do engenheiro José Zagalo. É uma ponte em betão com 232m de comprimento e 8m de largura. É a última ponte sobre o Rio Douro em território português.

 

A elegante ponte de Barca D'Alva é a última ponte sobre o Rio Douro em território Português

 

 

Mas a melhor maneira de conhecer estas pontes sobre o Douro é numa viagem pela Região. A bordo de um magífico cruzeiro ou num passeio de carro, aproveite as férias e visite a Região do Douro. Entre História, paisagens incríveis e cultura, esta vai ser uma das melhores experiências que alguma vez pensou...

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao visitar o site está a consentir a sua utilização.
Conheça as nossas Políticas de Privacidade e Cookies aqui