São Martinho: Cruzeiro com Magusto à Moda Antiga no Douro

Dicas e Sugestões

2017-11-07

sao-martinho-cruzeiro-com-magusto-moda-antiga-douro
O São Martinho é das tradições mais antigas em Portugal! E celebrar esta festa no Douro é (ainda mais) original! Conheça o nosso Cruzeiro de São Martinho e a História que originou uma das tradições mais genuínas do nosso país. Este é um outono repleto de tradições, sabores e cheiros para recordar… Embarque connosco!

Região imperdível a norte do país, o Douro não é um destino, é uma viagem e oferece mais que as suas paisagens deslumbrantes classificadas pela UNESCO como Património Mundial em 2001. As suas encostas escadeadas brindam-nos com as uvas que resultam no aclamado vinho da região e no internacional vinho do Porto.

 

Prometemos, este novembro, um passeio enriquecido pelos cheiros e paladares do outono, em que o convidamos a partilhar uma das mais saborosas tradições europeias: a Festa do São Martinho, aquecida pelas castanhas da época, acompanhadas pela doce jeropiga que animará a tarde.

 

A nossa proposta é irrecusável: a festa terá lugar num cruzeiro, a mais envolvente e genuína forma de conhecer o Vale do Douro, navegando o seu rio, permitindo descobrir e deixar-se emudecer pela beleza de toda a imponente encosta em socalcos, uma verde arquitetura geométrica que resulta da fusão entre a natureza e o Homem.

 

Poderá apreciar esta tradicional festa do Magusto a bordo do nosso programa

 

 

Para começar em sintonia com a paisagem, será recebido com um Porto d’Honra. Como o nome sugere, poderá saborear um copo de vinho do Porto, um dos anfitriões do Vale do Douro. Este vinho fortificado dispensa apresentações, sendo o seu sabor doce e encorpado famoso no mundo inteiro. O Vinho do Porto conhece bem o percurso que faremos: as suas uvas vêm da Região Demarcada do Douro, particularmente da Régua e do Pinhão.

 

Incidindo na área do Porto e Vila Nova de Gaia, o nosso passeio culminará junto da barragem de Crestuma-Lever, a primeira das cinco barragens do Douro, a contar da foz. Com a tradicional festa do Magusto a bordo, com castanhas assadas na mão e uma boa jeropiga a acompanhar, regressaremos ao Porto em barco. E animados por uma boa música ao som da típica concertina, a ementa do nosso magusto será complementada pelo caldo verde regado a azeite, acompanhado de broa.

 

Um Pouco de História

 

A celebração do São Martinho, padroeiro dos produtores de vinho, é um costume muito tradicional no nosso país que remonta ao século XVI, ocorrendo sempre a 11 de novembro. O seu nome refere-se a Martinho de Tours, um militar romano e santo católico do século IV que terá sido sepultado neste dia. A lenda conta que um dia encontrou um mendigo cheio de frio a quem ofereceu metade da sua capa, tendo o tempo imediatamente aquecido em virtude do seu ato generoso. Todos os anos, por esta altura, o mau tempo característico de novembro dá lugar a alguns dias de sol, o célebre Verão de São Martinho.

 

E este ano não poderia estar mais de acordo com a lenda. Para este fim de semana esperam-nos dias solarengos no Douro, com um tempo ameno tão agradável que fará brilhar (ainda mais) as paisagens que nos acompanham.

 

O São Martinho celebra as castanhas e o padroeiro do vinho, sendo uma celebração de alta importância no Douro

 

 

O São Martinho é, também, uma celebração das castanhas, fruto com uma importância enorme na dieta portuguesa, particularmente até à importação e generalização de outros hidratos de carbono a partir do século XVI. As castanhas consomem-se assadas ou cozidas, inteiras ou em puré, tanto a acompanhar o prato principal, como em sobremesa ou, simplesmente, entre refeições.

 

E, na festa do magusto, a castanha tem sempre um fiel acompanhante: a jeropiga. Esta bebida doce e robusta é preparada com aguardente e mosto de uva, o que resulta no seu forte teor alcoólico. É conhecida em Portugal, Espanha e algumas regiões do Brasil, e muitas vezes é confundida com um vinho ou um xarope, devido à sua doçura.

 

Participe no nosso Magusto

 

No fundo, comida e bebida são essenciais no São Martinho mas, numa festa verdadeiramente portuguesa, a diversão é uma demanda. Por isso, música alegre não poderia faltar e, fazendo jus às tradições que recordamos, o Magusto terá um duo de concertina a dar folia ao nosso barco. Este instrumento é uma versão pequena do acordeão e é um dos protagonistas do folclore nacional, garantindo a animação de todos os que participarão na nossa festa.

 

Embarque connosco neste sublime passeio de barco de São Martinho que envolverá todos os sentidos e que lhe permitirá descobrir ou relembrar tradições que demonstram a riqueza da nossa cultura, património e História.

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao visitar o site está a consentir a sua utilização.
Conheça as nossas Políticas de Privacidade e Cookies aqui