10 Experiências que eu Mais Gosto no Douro (e quero repetir)

Dicas e Sugestões

2017-11-16

10-experiencias-que-eu-mais-gosto-no-douro-e-quero-repetir
O Douro é um destino para todos os gostos, idades e bolsos. Esta é uma Região Vinhateira cada vez mais em voga por todo o mundo e, por isso, vale a pena uma demorada visita pelos seus socalcos. E para o ajudar a traçar o melhor Roteiro pelo Douro, apresento-lhe as 10 experiências durienses que mais gostei e que quero, brevemente, repetir!

Viajar pelo Douro é sempre uma experiência incrivelmente agradável. As paisagens, as suas gentes, a sua Gastronomia, o sabor do seu Vinho do Porto. Por aqui, tudo é autêntico, tudo é genuíno, tudo vale a pena. No entanto, sabemos o quão temporalmente limitadas conseguem, por vezes, ser as nossas férias. Por essa razão, ordenámos as melhores experiências que já tivemos no Douro e revelamos a nossa lista primordial de 10 atividades incríveis que a Região do Douro nos proporcionou.

 

Não foi fácil elegermos o nosso rigoroso Top 10 de experiências durienses. Mas temos a certeza que, se estas atividades constarem do seu roteiro no Douro, então será uma viagem memorável, que o levará pelas raízes mais profundas de Portugal. 

 

 

1) Desfrute de um Cruzeiro no Douro

 

Numa região que deve o seu nome a um rio, é imperativo experimentar um passeio de barco pelas belíssimas paisagens esculpidas do Douro. Sugerimos-lhe um cruzeiro entre a Régua e o Pocinho, um dos percursos mais bonitos do Douro. O passeio começa com uma viagem de comboio com partida da Régua, bem no coração da Região, viagem que por si só poderia até constar sozinha desta lista, dada a sua beleza. Este troço da Linha do Douro acompanha o curso do Rio Douro, rompendo em túneis cravados nas rochas e pontes antigas. Já a bordo, terá a oportunidade de passar a Barragem do Pocinho e assistir ao complexo e fantástico processo de eclusagem, deixando-se deslumbrar pelas vistas das encostas vinhateiras escarpadas.

 

 

Um cruzeiro no Douro será sempre uma experiência memorável

 

 

2) Prove (sem dietas) a Gastronomia regional no lugar ideal

 

A bonita Região do Douro também nos conquista pelo estômago. Como boa região nortenha, é conhecida pelas carnes e enchidos, mas também pelos doces tradicionais e, naturalmente, os deliciosos Vinhos do Porto e Douro e do doce Moscatel de Favaios. Assim, não pode visitar esta região sem provar esta requintada Gastronomia. O que sugerimos é um almoço bem tradicional na Quinta da Avessada, confecionado num pote de ferro à moda antiga. Nesta Quinta, produtora do célebre Moscatel de Favaios, irão recebê-lo de braços abertos, com muita música tradicional à mistura e ouvindo histórias antigas contadas por orgulhosos locais. Aqui vai esquecer a dieta e vai divertir-se a tarde inteira 

 

 

3) Naturalmente, não esqueça um bom Vinho do Porto

 

Se o Douro é tão belo assim, muito deve ao desafiante cultivo dos seus íngremes montes, transformados em socalcos para receber as vinhas que nos dão o famoso vinho do Porto, assim como muitos outros vinhos não fortificados, de comprovada qualidade. Convidamo-lo, assim, a visitar uma famosa Quinta Produtora de Vinhos perto da cidade da Régua. A Quinta da Pacheca é uma das melhores opções. Aqui conhecerá melhor a história do Douro e o método (ainda antigo) de produção dos seus famosos néctares. Claro que, qual prazer de Baco, no final uma degustação de vinhos é obrigatória. Numa Quinta tão notável e que (ainda) mantém o seu ambiente tradicional e hospitaleiro, a experiência vai ser incrível

 

 

4) Cultura e Tradição: uma visita ao Museu do Pão e do Vinho

 

Continuando no âmbito dos sabores, um dos ex-libris da região – e também um dos seus segredos mais bem guardados – vai fazê-lo regressar ao passado através dos sentidos. O Museu do Pão e do Vinho está instalado num edifício secular na aldeia vinhateira de Favaios e, aqui, poderá conhecer mais pormenorizadamente a história e as tradições de fabrico do pão e do célebre Vinho Moscatel de Favaios. Aproveite e, já que aqui está, passeie por este belo lugar. 

 

 

No Museu do Pão e do Vinho poderá descobrir mais sobre a história destas duas maravilhas gastronómicas

 

 

5) Passeie calmamente pelo Parque Natural do Douro Internacional

 

Sabe sempre bem fazer uma caminhada para melhor contemplar a flora e a fauna da região. Não há melhor lugar que o Parque Natural do Douro Internacional, onde poderá apreciar as altas arribas do Douro, percorrer diferentes trilhos pedestres e dedicar-se à observação de aves (existem vários eventos organizados periodicamente). Neste território fronteiriço, no qual é o Rio Douro que separa Portugal e Espanha, a paisagem é agreste, imponente, selvagem. Habituado às paisagens cultivadas e terrenos férteis que se vislumbram do lado português, vai estranhar o tão grande contraste com estas rochas intocáveis. A beleza é estonteante e, para apreciar ainda melhor este cenário, faça um cruzeiro por estas águas do Douro.

 

 

6) Seja Enólogo por um dia

 

Solte a sua veia artística e apure os seus mais requintados sentidos. Esta é uma experiência vínica única e incrível pois não só permite provar e comparar vários vinhos, como podemos fazer a nossa própria mistura de Vinho DOC. Na Quinta Nova, e por um preço bem acessível, é possível sermos enólogos por um dia. Sempre com a supervisão e ensinamento de enólogos experientes, que nos explicam de forma simplificada o processo de cada vinho e o que devemos esperar do seu cheiro e sabor, é-nos permitido misturar vinhos em diferentes fases de maturação. E o melhor de tudo: podemos levar esta recordação para casa. Nós ainda guardamos o nosso amado vinho, um blend robusto, que esperamos para abrir numa ocasião especial. 

 

 

Descubra o melhor da enologia com o Douro como paisagem.

 

 

7) Relaxe e desfrute do SPA Six Senses

 

Sim, esta experiência é um pouco mais dispendiosa. Contudo, aconselhamos vivamente a quem estiver disposto a gastar mais alguns euros na Região do Douro. O Hotel Six Senses é a Unidade Hoteleira mais luxuosa desta Região Vinhateira, sendo um bonito edifício perdido no meio de vinhas e harmoniosamente plantado no cimo de uma colina. O seu SPA tem comprovada qualidade internacional e tratamentos tão ecléticos e relaxantes que deixam qualquer um a sonhar. Inclui, por exemplo, um interessante bar de alquimia, uma piscina interior panorâmica sobre a copa das árvores e salas de tratamento com vista para as imensas vinhas e incrível Rio Douro. Permita-se uma quebra de rotina, permita-se um pouco de silêncio, permita-se uma experiência delongada e tranquilizante.

 

 

Aproveite para descontrair á beira da piscina

 

 

8) Admire o melhor pôr-do-sol, sobre as águas do Douro

 

Principalmente se o seu objetivo é uma escapadinha romântica, esta experiência tem de constar do seu roteiro de viagem. Esta região tem todos os ingredientes necessários (e mais alguns) para conseguirmos presenciar alguns dos melhores pores-do-sol do mundo. É incrível observar o sol a esconder-se atrás dos socalcos e as estrelas a começarem a ganhar vida no céu. Os tons laranja-avermelhados são refletidos no Rio Douro e o cenário é de uma beleza estonteante. E qual o melhor local para admirar este momento, se não o próprio Rio Douro? Para isso, embarque num pequeno passeio privado num veleiro de luxo. Sentem-se nos pufs propositadamente colocados na proa do barco, preparem as máquinas fotográficas (sim, as redes sociais vão vibrar com estes cenários) e, acima de tudo, desfrute deste precioso instante.

 

 

9) Visite as Gravuras do Vale do Côa e não só!

 

As gravuras rupestres de Vila Nova de Foz Côa são, pela sua importância e beleza ímpar, Património Mundial da Humanidade. Assim, uma visita a esta zona torna-se obrigatória. Este é um verdadeiro museu ao ar livre do Paleolítico, com gravuras que datam de há mais de 20.000 anos atrás. A maior parte dos vestígios desta época encontrados pelo mundo encontram-se em cavernas, razão que eleva ainda mais a grandeza desta riqueza encontrada à beira-rio.

Um guia experiente leva-nos a um dos núcleos de arte rupestre deste incrível Parque Arqueológico do Vale do Côa. Com as suas explicações, conseguimos perceber os desenhos cravados nos altos pedregulhos e conhecer, um pouco melhor, a história heróica e de sobrevivência dos nossos antepassados.

 

Descubra os segredos dos nossos antepassados com o pôr de sol em Foz Côa

 

 

Mas não ficamos por aqui. Depois desta visita culturalmente enriquecedora, fazemos uma deliciosa prova de Vinho do Porto e, seguidamente, partimos para uma fantástica atividade de canoagem. Sim, largam-se as canoas pelo Rio Douro, num percurso único e belo de duas horas. A não perder! 

 

 

10) Piquenique em plenas Vinhas do Douro, com produtos regionais

 

Uma experiência ao ar livre no Douro serve para sentir a tranquilidade da região, os cheiros da genuína Natureza de um meio bucólico, a simplicidade incrivelmente bela das suas paisagens. Por todas estas razões, podemos dizer que um piquenique em plenas vinhas é praticamente obrigatório. Muitas Quintas da Região organizam este tipo de experiência e, no cesto da comida, colocam tudo o que de melhor se faz na região. Assim, poderá provar os melhores produtos locais, todos com sabor bem “caseiro”, e apreciá-los em perfeita sintonia com o meio ambiente. E como estamos no Douro, este piquenique será sempre acompanhado por um bom vinho da Região.

 

As nossas sugestões estão lançadas. Nós adorámos as experiências e contamos repeti-las em breve. Porque se o Douro está no nosso ADN, então ele deve ser desfrutado da melhor forma possível!

 

Faça o seu roteiro pelo Douro e aproveite o melhor que o melhor de Portugal tem para lhe oferecer!

 

 

Nota: A fotografia da Piscina do Six Senses Spa, foi gentilmente cedida pelo Grupo Hoteleiro. Os nossos agradecimentos.

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao visitar o site está a consentir a sua utilização.
Conheça as nossas Políticas de Privacidade e Cookies aqui