Os Tours dignos de um Cruzeiro de Luxo - Parte II

Dicas e Sugestões

2015-03-18

os-tours-dignos-de-um-cruzeiro-no-douro-parte-2
Usufruir de um cruzeiro de luxo no Douro poderá ser experiência de uma vez na vida. Portanto faz todo o sentido que seja desfrutado ao máximo. Com a paisagem do vale do Douro como pano de fundo, tudo o que se segue são apenas pormenores que tornarão esta viagem ainda mais inesquecível! Esses pormenores poderão ser belíssimos passeios pelos mais recônditos tesouros da região duriense. Já lhe demos a conhecer dois deles… de seguida dar-lhe-emos a conhecer mais três tours que fazem a combinação perfeita com um fantástico cruzeiro no Douro repleto de glamour!

Lamego, uma cidade religiosa plantada no Douro 

 

Lamego, Lamego…cidade plantada na margem do rio Douro, oposta ao Peso da Régua. Eis que dois importantes centros urbanos da região do Douro se separam por um rio. 

 

Cidade de deliciosas frutas como maças e cerejas, boa azeitona que possibilita a produção de um azeite de excelência e as bôlas… e acredite que como as Bôlas de Lamego não há igual! Mas para além desta maravilhosa paisagem, é o cenário vinícola que predomina na região. Estas vinhas permitem a produção de deliciosos vinhos, que foram o sustento desta região durante séculos. No entanto, Lamego é também cidade de espumantes, acolhendo pelo menos 2 caves desta borbulhante, fresca e apetecível bebida. 

 

Não sei se já reparou mas já lhe demos algumas excelentes dicas do que pode fazer ao visitar esta belíssima cidade do Douro. Vá lá…prove tudo, porque tudo aqui é do melhor e não se preocupe já com os poucos “quilinhos” que possa ganhar nesta aventura gastronómica. Isto porque, seguidamente, iniciamos o nosso passeio pela cidade, de modo a conhecermos um pouco melhor a região.

 

Mateus: Palácio, um dos mais belos exemplares arquitetónicos barroco e marca/produtor de um dos melhores vinhos rosés

 

 

Para além da natureza e da extraordinária gastronomia, Lamego é cidade com uma história riquíssima e longa, bastante longa…tão longa que remonta ao tempo em que Portugal ainda não era uma nação. O facto de ser umas das dioceses mais antigas do país, contribuiu com toda a certeza para o seu forte e singular desenvolvimento arquitetónico religioso.

 

Vamos, então, iniciar o nosso passeio pela cidade. Começamos pela Capela de S. Pedro de Balsemão, pequena e adorável, com uma arquitetura interior na qual conseguirá facilmente identificar traços árabes e uma decoração simplista mas muito bonita. Esta capela merece todo o prestígio, não só por ser o segundo templo mais antigo da Península Ibérica, mas também por ser classificada Monumento Nacional.

 

Seguimos para a Sé Catedral de Lamego, um exemplar de visita obrigatória não só pela sua história e contribuição cultural para a região, como pela sua presença magnânima. Em visita ao seu interior, tenha em atenção o teto, da autoria do mestre italiano Nicolau Nasoni. Nele estão presentes pinturas minuciosas que retratam episódios do Antigo Testamento. O que torna esta obra-prima ainda mais significante é o facto de ser considerada a única pintura do mestre italiano a sobreviver ao tempo.

 

E como habitualmente o melhor é guardado para o final iremos, assim, visitar o ex-líbris da cidade, o Santuário de Nossa Senhora dos Remédios e a sua famosa e majestosa escadaria, desde o centro da cidade ao cume do Monte de Santo Estevão. Ao subir esta escadaria deparar-se-á com recantos sagrados e surpreendentes. Vale mesmo a pena!

 

E chegamos ao fim da nossa magnífica visita a Lamego. Está na hora de embarcar novamente no nosso navio luxuoso, desta vez, rumo ao Porto.

 

 

Porto, a cidade do Douro, do vinho e da História 

 

E ao longe se avista o Porto, cidade Invicta, à qual se opõe a cidade de Vila Nova de Gaia, na outra margem do rio Douro. Separadas por este rio, estão unidas por 6 pontes.


Ao pensar na cidade do Porto é inevitável associá-la aos típicos barcos rabelos, às famosas pontes mas, acima de tudo, ao incomparável Vinho do Porto.

 

Após desembarcar nesta cidade magnífica, poderá sentar-se um pouco à beira-rio e apreciar a belíssima paisagem espelhada no Rio Douro. Seguidamente daremos início ao nosso passeio que, como não poderia deixar de ser, terá início no Centro Histórico da cidade, classificado pela UNESCO como Património Cultural da Humanidade desde 1996.

 

 

estação de São Bento é local de passagem obrigatório para quem visita a cidade.

 

 

Começamos pela estação de comboios de São Bento, considerada uma das mais bonitas do mundo principalmente pela sua azulejaria portuguesa no interior - não perca oportunidade de ver! – seguimos para a impressionante Torre e Igreja dos Clérigos. Ex-líbris da cidade, destaca-se pela sua Igreja recentemente recuperada e pela sua torre sineira, da autoria do ilustre italiano Nicolau Nasoni. A enorme escadaria interior que leva ao sino tem cerca de 240 degraus (parece-lhe muito? E tem razão… mas acredite que vale a pena). Ao chegar ao topo da torre tem uma vista panorâmica sobre a cidade que o vai deixar absolutamente sem palavras.

 

A próxima paragem será a encantadora Igreja de São Francisco, com uma decoração riquíssima e com as suas mágicas catacumbas subterrâneas. Certamente ficará abismado com tanta beleza.

 

Depois de percorrermos as ruas da História, partiremos à descoberta de um lado mais moderno da cidade… Visite o deslumbrante Museu de Serralves e a encantadora Casa da Música. No museu deparar-se-á com um extraordinário jardim e com alguma exposição de arte para mostrar aos seus visitantes. A Casa da Música é um belíssimo exemplar arquitetónico moderno dedicado exclusivamente à música.

 

Museu Serralves é símbolo da Modernidade da cidade do Porto.

 

 

Por fim, e terminando em beleza, regressaremos à beira-rio, à margem de Vila Nova de Gaia onde estão concentradas as Caves de Vinho do Porto. Visitaremos uma destas caves para saber um pouco da sua História e da elaboração deste delicioso vinho. Após a visita desfrutaremos de uma relaxante prova de vinho (e vá por mim, não quererá ter outro paladar tão cedo). 

 

 

Guimarães, a cidade onde se respira História 

 

E as nossas viagens continuam desta vez até Guimarães, cidade berço da Nação Portuguesa. Como poderá deduzir pelo seu “cognome”, esta cidade respira história. Para além disso, em 2012 foi Capital Europeia da Cultura, o que lhe conferiu uma certa internacionalização.

 

Em Guimarães é indispensável visitar o seu monumento mais emblemático, o Castelo (onde consta ter nascido o que viria a ser o primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques. Mas quem saberá certamente a sua terra natal?). Visite, ainda, o majestoso Paço dos Duques, situado junto à estátua que presta homenagem ao “Conquistador” D. Afonso Henriques.

 

Fundador da pátria Lusitana,D.Afonso Henriques é um dos pontos mais visitados da cidade.

 

 

O Paço dos Duques, construído no séc. XV, tem uma arquitetura muito pitoresca e muito aproximada a um castelo. No interior, sentir-se-á a voltar atrás no tempo e a ver com os seus próprios olhos como vivia D. Afonso, o 1º duque de Bragança, seu proprietário.

 

E chegamos ao fim da enumeração dos cinco fabulosos tours que dão ainda mais vida aos cruzeiros de luxo no magnífico Douro. Com vontade para embarcar nesta viagem repleta de glamour e descobertas? Junte-se a nós!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao visitar o site está a consentir a sua utilização.
Conheça as nossas Políticas de Privacidade e Cookies aqui