O Douro Além do Rio: Guia de 3 Dias pela Região Vinhateira

A Região

2018-11-15

o-douro-alem-do-rio-guia-de-3-dias-pela-regiao-vinhateira
Superar a inércia e a preguiça de ficar pela cidade é o momento decisivo para se aventurar numa emblemática viagem de três dias pela região do Douro vinhateiro. Porque, mais do que descrever os locais, assim vai ter para contar a história do que viveu, numa jornada única que foge aos roteiros turísticos mais comuns!

O Douro é muito mais do que o seu Rio Douro e, por isso, desafiamo-lo a aventurar-se por alguns dos mais belos locais da região, numa viagem de três dias de encantadoras miniférias. O equilíbrio entre corpo, mente e espírito está na base desta nossa proposta de passeio pela região duriense, longe do cliché das margens do rio. Eis três locais e atividades para desenvolver o seu lado mais preguiçoso.

 

A Belíssima Região do Tua

 

O Vale do Tua faz parte do Alto Douro Vinhateiro e a geografia magnífica desenhada pelo rio, que é um dos principais afluentes do Rio Douro, proporciona uma experiência que concentra os seus sentidos numa única sensação: calma. Os grandes marcos deste território, que se estende desde do vale do rio Pinhão até ao limite oriental de Carrazeda de Ansiães, estão na paisagem que convida à contemplação.

 

Viajar é uma das melhores atividades que se leva desta vida, pelo que a sua viagem pelo Vale do Tua não pode fugir ao desafiante passeio a pé ao longo de um troço da linha de comboio, naquele que é considerado um dos mais fantásticos trajetos ferroviários do mundo! E se pretende ficar com uma ideia da beleza e imperiosidade do Rio Tua, embarque no nosso belíssimo cruzeiro entre o Pinhão e a foz do Rio Tua num passeio em Barco Rabelo incrível. Sinta a tranquilidade tão caraterística do interior de Portugal, num percurso que não é visível a partir de estradas nacionais.

 

O Tua é uma encantadora região inserida no Vale do Douro

 

 

As diferentes estações do ano são, também, distintas no que toca às ofertas de lazer. Contudo, seja qual for a estação do ano em que pretende viajar pelo Douro, saiba que a História, Património e tradições locais são sempre bons pretextos para conhecer as termas romanas de São Lourenço. São distantes da confusão e quase só conhecidas e visitadas pelos moradores da zona, sendo a porta aberta para o reduto mais intimista de uma viagem de três dias por estas paragens. Reserve a tarde toda para esta bela experiência.

 

 

A Bucólica e Histórica Ucanha

 

Com o sol outonal a dourar as manhãs, o seu segundo dia nesta escapadinha de três dias pelo Douro pode ser passado em Ucanha. A torre da Ucanha e a Ponte Medieval são os percursos pedestres obrigatórios hoje em dia. Costuma ouvir a expressão “a minha vida dava um filme”? Esta vista vai inspirar muitos filmes na sua cabeça, consigo a ser protagonista numa manhã repleta de preciosidades históricas.

 

Aliás, esta pacata paragem perdida no meio do Douro é um dos pontos obrigatórios no nosso já muito aclamado programa Douro Encantado, no qual, com as explicações do nosso guia, ficamos a perceber melhor a sua História e a sua importância em tempos idos. Para além disso, aqui desfrutaremos de uma deliciosa refeição num restaurante típico. Apostamos que, nesta altura, já está com “água na boca”, certo?

 

 

A bucólica Ucanha é já conhecida entre os turistas da região pelas suas icónicas Ponte Medieval e Torre de Ucanha

 

 

E durante a tarde, nas proximidades de Ponte Fortificada de Ucanha, há outras experiências a não perder. Os meses de outono e inverno celebram os pores-do-sol mais fugazes, menos intensos, mas, talvez pela rapidez com que desenrolam, de uma beleza ímpar que vai poder testemunhar a partir do Castelo de Lamego, no Riba-Douro, localizado na freguesia de Almacave, cidade e concelho de Lamego. Ex-libris da cidade, do alto dos seus muros podem avistar-se as águas dos rios Coura, Balsemão e Varosa. A primitiva ocupação humana do sítio de Lamego remonta a um castro pré-histórico, tempo que viria a traçar o perfil de um local, ainda hoje, visitável e marcado, também, pelo comércio de tecidos, outrora muito rico por estas terras.

 

 

A Icónica Quinta da Avessada

 

Tem pena de nunca se ter perdido um dia inteiro a conhecer e a provar vinhos? De assistir à alegria e fazer parte da festa de visitar uma adega e conhecer-lhe os recantos e segredos? Então a sua espera acabou no dia em que decidir conhecer este “outro Douro” longe dos destinos turísticos mais tradicionais.

 

A Quinta da Avessada surge, assim, como uma das maiores e mais belas propriedades no coração do Vale do Douro e que deve ter em conta neste seu passeio. Localizada mais especificamente em Favaios, esta é a grande produtora do famoso Vinho Moscatel de Favaios que tem corrido mundo.

 

 

A Quinta da Avessada é sem dúvida um local de visita obrigatória nesta região!

 

 

A emergência da convivência com ambientes inseridos no meio natural, reforça o domínio dos aromas e sabores perfeitos para conhecer e desfrutar neste outono e inverno. Profundamente renovada nos últimos anos, proporciona atualmente experiências típicas incríveis, que vão desde uma requintada prova de Vinhos acompanhada por experientes Enólogos, a um almoço ou jantar típico duriense, cozinhado em potes de ferro, enquanto o anfitrião nos conta as melhores história e lendas do Douro. Uma aprendizagem que nos fica no coração, acompanhada, ainda, por músicas tradicionais como bombos ou concertinas. Este é o Douro no seu maior esplendor… e merece muito ser visitado!

 

Trata-se, pois, de uma das mais ancestrais Quintas durienses, líder em qualidade da produção, mantendo, ainda, métodos de fabrico bastante tradicionais. E é exatamente esta uma das experiências mais típicas que se pode usufruir no nosso programa Experiências no Douro, numa profusão de cheiros e padrões vínicos, numa concretização perfeita de tudo o que sonhamos ser o Douro!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao visitar o site está a consentir a sua utilização.
Conheça as nossas Políticas de Privacidade e Cookies aqui