Blog Douro

Pinhão: Uma Vila Escondida no Coração do Douro

Publicado por: Inês

Data de Publicação04 fevereiro 2015

Pinhão: uma vila escondida no coração do DouroJá ouviu falar da vila do Pinhão? E da sua beleza ímpar? O Pinhão é uma vila pequena e adorável situada no coração do Alto Douro Vinhateiro. Diz quem por aqui passa, que por terra ou por rio, a paisagem é de tirar o fôlego!

Não se menciona o Pinhão sem se falar na sua famosa e sem precedentes estação de caminhos-de-ferro. Sabe o que a torna tão especial? Faça connosco esta viagem e descubra a resposta…
 

Uma Vila chamada Pinhão

O que já sabe sobre esta pequena vila do século XIX? Para chegar até aqui, aconselhamos vivamente a fazer um passeio de barco com partida do Porto ou da Régua. Acredite que irá ficar verdadeiramente deslumbrado com esta experiência!

Ao passar da Régua para montante a caminho do Pinhão, e olhando em seu redor para as margens do Rio Douro, poderá apreciar os socalcos meticulosamente organizados por entre montes e vales, muitas vezes desafiando as leis da gravidade. São, por vezes, inclinações tão abruptas mas que se integram tão harmoniosamente na Natureza, que até custa a crer que foram construídas pelo Homem.

Para além das águas durienses que banham a vila do Pinhão, também muito perto desta vila desagua o rio que lhe deu nome, o Rio Pinhão. Vila de rios e de vinhas, de natureza e arte…
Após um esplêndido cruzeiro, desembarque e passeie pelo Pinhão… E neste passeio pacato mas muito maravilhoso, não deixe de admirar o ex-líbris desta encantadora região: a Estação Ferroviária do Pinhão.
 

Pinhão: uma vila escondida no coração do Douro - 1
O Pinhão, cerca de 1970, e as viagens do comboio a vapor  

Pinhão: uma vila escondida no coração do Douro - 2
Actualmente, a adorável vila do Pinhão que recebe os seus visitantes vindos nos cruzeiros 

Uma das Estações de Comboios mais Portuguesas

Ao aproximar-se da estação ferroviária do Pinhão julgo que não terá qualquer dificuldade em perceber o que a leva a ser, de facto, uma das estações de comboios mais portuguesas de Portugal. Pois é, já identificou: os seus magníficos 24 painéis de 3047 azulejos “made in” Portugal, que revestem as fachadas do piso térreo do edifício.
 

Pinhão: uma vila escondida no coração do Douro - 3
A Estação Ferroviária do Pinhão com os seus magníficos azulejos alusivos à vida no Douro

Estes azulejos que primam pelo pormenor e pelo detalhe de serem pintados à mão, ilustram paisagens de uma região vinhateira única no Mundo e os costumes tradicionais do Douro. Poderá apreciar os trabalhadores agrícolas vestidos com trajes antigos feitos de palha para os proteger do frio e da chuva, os carros de bois carregando as pipas de Vinho do Porto, os barcos rabelos a fazerem a longa e complexa viagem até ao Porto. 

Os painéis de azulejos foram entretanto restaurados e permanecem perfeitos. Para além disso, nesta estação foi aberta ao público uma loja de vinhos e um núcleo museológico que expõe alguns dos artefactos utilizados na vida do campo dos “Homens” durienses.

E se tiver oportunidade, depois deste magnífico passeio pelo Pinhão, faça a viagem de comboio pela linha do Douro até ao Pocinho, uma localidade geograficamente próxima, e assim ficará a conhecer o Douro em todo o seu esplendor. Certamente, não se irá arrepender!
 

Pinhão: uma vila escondida no coração do Douro - 4
A famosa linha de comboios do Douro que passa pelas incríveis paisagens vinícolas do Pinhão 

E porque há locais imperdíveis…

Consegui persuádi-lo a visitar esta pequena vila? Ainda não? Então deixo-lhe ainda outra pequena dica que talvez o faça mudar de ideias: também nesta região do Pinhão, poderá visitar algumas quintas vinícolas produtoras do delicioso Vinho do Porto, poderá assim conhecer os processos tradicionais da sua produção, a sua História e terminar em beleza com uma degustação de um cálice deste único e delicioso néctar que até os Deuses adoravam.
 

Pinhão: uma vila escondida no coração do Douro - 5
 As quintas vinícolas do Pinhão mostram-lhe todo o processo de produção do Vinho do Porto